O que é o PLSAR?

O Plano Local de Saúde do Arco Ribeirinho (PLSAR) é o documento estratégico que enquadra todas as atividades que potencialmente contribuem para promover e melhorar a saúde da população dos Municípios de Alcochete, Barreiro, Moita e Montijo.

O seu símbolo é o átomo da saúde, cujo núcleo representa o potencial de saúde da comunidade ou de cada cidadão e os eletrões são os territórios de intervenção que de acordo com as atividades desenvolvidas podem influenciar positiva ou negativamente as potencialidades de saúde existentes.

Quem pode aderir ao PLSAR?

Todas as instituições do tecido social e económico podem aderir ao PLSAR através das suas atividades regulares que sejam enquadráveis num ou mais dos seus 5 territórios e que contribuam positivamente para a saúde da comunidade. Podem também desenvolver ou apoiar novas iniciativas com os mesmos objetivos.

Nesta fase inicial, o mais importante e prioritário é a adesão de todas as entidades, públicas e privadas, ao PLSAR, mostrando assim, a sua vontade de colaborar para a melhoria da saúde das pessoas do Arco Ribeirinho. Para tal é necessário preencherem a ficha de adesão on line e divulgarem as atividades que já fazem no seu dia a dia e que se enquadram num ou mais dos cinco territórios do PLSAR e que estão graficamente representados no átomo da saúde, e as que propõem fazer no futuro.

Todos os cidadão podem aderir. Após a adesão passam a receber informação sobre as actividades inseridas no PLSAR, podendo participar de acordo com os seus interesses. Espera-se ainda que divulguem as actividades partilhando-as nas redes sociais.

Quero Aderir…

Preencher ficha de adesão

O que são e quais são os territórios do PLSAR?

1. Cidadania em saúde
Este é o território do empoderamento e capacitação das pessoas: para participarem, negociarem, influenciarem, controlarem tudo o que diz respeito às suas vidas. Motiva em conjunto com a literacia uma maior capacidade de negociação de comportamentos por parte dos serviços de saúde. Ex. Comissão de saúde; solicitar aos profissionais de saúde o esclarecimento para poder fazer escolhas conscientes.

2. Afetos
Englobam-se neste território as atividades que promovem os relacionamentos sociais positivos, a sexualidade responsável e a prevenção da violência, Os sentimentos de afeto são carregados de emoções e expectativas contribuindo decisivamente para potenciar a vida afetiva equilibrada pilar importante da saúde. Ex: festas de vizinhança, promoção de aproximação entre casais, ou entre pais e filhos, ou entre grupos diferentes etários, venda de produtos que exprimam e estimulem afetos, etc.

3. Alimentação
Este território visa a dieta equilibrada, isto é, o consumo de alimentos que promova o peso e nutrição adequados, que garanta a diversidade e respeite os 7 grupos da roda dos alimentos nas proporções adequadas e com as quantidades equilibradas. Nós somos o que comemos! Ex. Promover conhecimentos para alimentação equilibrada, vender menus equilibrados, promoção dos produtos locais, etc.

4. Ambiente
Este território é o espaço externo à pessoa e que pode favorecer a sua saúde: fatores físicos, químicos e biológicos. Estão neste território as condições de habitação, o urbanismo, a qualidade da água e do ar e o equilíbrio dos ecossistemas em que o homem se insere. Ex. Parques infantis, vias cicláveis, diminuir emissões de gases com efeito de estufa, água potável, ruido ambiente adequado

5. Movimento
Este é o território da movimentação e do adequado exercício físico: estimulação de atividade física que seja superior à do costume/habitual para a pessoa. Ex. Caminhadas e atividades desportivas massivas, grupos de marcha regular por afinidades.

© 2018 Plano Local de Saúde do Arco Ribeirinho

CIDADE DOS AFETOS

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?